Join Our Mailing List | Privacy Policy | Sitemap
Home Technology Product Industries Company Downloads Contact
 
Toll Free: 888-BUY-VSEP
Phone: +1-510-655-7305
Email: info@vsep.com
Please send us your request!
We will get back to you shortly.
*required fields
COMPANY
NAME*
EMAIL*
PHONE*
REQUEST
Check this box and we'll call you back ASAP.
CAPTCHA Image
 

 

 

 

Novas Possibilidades para o Tratamento de Água e Esgoto em Cidades e Indústrias 

De modo geral, a água potável está se tornando cada vez mais escassa. Por outro lado, os órgãos ambientais estão pressionando, cada vez mais, para não se devolver em forma líquida o lodo das ETAs ao ambiente. Dissecado, o lodo representa outro problema por ser inerte e até tóxico para organismos vivos devido ao seu alto teor de substâncias químicas. O novo paradigma nos desafia a desenvolvermos soluções para os problemas mencionados acima. Como descrito e demonstrado mais abaixo, o sistema VSEP oferece a solução para estes problemas. Pelo fato de não utilizar produtos químicos, nem transformar os poluentes da água tratada em outra forma de poluição: lodo, o tratamento de água potável através do VSEP é indubitavelmente o melhor amigo do meio ambiente.

O VSEP como Concentrador de Lodo em ETAs de Grande Capacidade

Lodo de ETAs são facilmente concentráveis através do VSEP. O lodo chega a uma concentração tal que sai, literalmente, extrudado do sistema VSEP, a ponto de formar talude de cerca de 40 graus, dependendo da composição dos contaminantes. O filtrado tem, geralmente, a pureza do clarificado produzido pela ETA. 

Isto representa uma taxa de sólidos entre 30 e 40 %. Cada caso, no entanto, precisa ser confirmado através de testes. 

No caso de se utilizar soda cáustica ao invés de cal hidratada (que incrusta nos poros com pH acima de 7,0) é possível considerar, inclusive, a recuperação dos produtos químicos através da solubilização dos mesmos pela elevação ou abaixamento do pH. Neste caso apenas o lodo dos poluentes do rio seria retido pelo filtro de membranas enquanto que os produtos químicos retornariam através das membranas para a entrada da ETA, como floculantes. 

O aspecto ambiental da solução descrita acima é muito relevante, porque reduz drasticamente o volume do lodo gerado - já que possivelmente a maior parte de todo o lodo, até uns 95%, são oriundos dos produtos químicos adicionados para a floculação (apenas cerca de 5% origina-se dos próprios poluentes na água em tratamento). Caso ainda não seja utilizada soda, é de se estudar uma possível troca, pois os custos serão minimizados pela reciclagem da quase totalidade da mesma.

O VSEP como Estação de Tratamento de Águas para Pequenos e Médios Municípios
O estado de Washington, o mais rigoroso em normas ambientais dos EUA, homologou, em maio de 1999, a aplicação do VSEP para potabilização de água de rios e, por extensão, para todos os EUA.

Quadro Comparativo

 

ETA Tradicional 

VSEP

Usa produtos químicos 

Sim 

Não

Formação de lodo 

100% 

5 a 10 %

Necessita de operador 

Sim 

Não

Espaço ocupado 

Elevado

Muito pouco

Sensível a variações de entrada 

Sim 

Não

Coliformes fecais residuais 

Sem controle positivo 

Positivamente isento

Cloração 

Obrigatória 

Facultativa

Risco de intoxicação biológica 

Existe Positivamente 

não***

Risco de intoxicação química 

Existe 

Existe ****

Partidas 

Lentas 

Instantâneas

Custo operacional direto 

Varia com a cap. 

0,15 USD/m3 *

Deposição do lodo

Local qualificado 

Como adubo

Custo do investimento 

Não levantado 

Custo Aproximado**

*Para vazões que aumentam de 20 em 20 m3/h. Inclui energia elétrica e custo da substituição da membrana. 
Não necessita de MO nem produtos químicos. 
** Para 20 m3/h - 280 mil USD; Para 100 m3/h - 1250 mil USD; Para 200 m3/h - 1970 mil USD. 
*** As membranas representam um segurança total neste sentido porque os seus poros são menores do que os micro organismos em questão. 
**** A membrana utilizada não remove íons metálicos nem fragrâncias, por este motivo a água a ser tratada não deve ter substâncias químicas de pequeno raio molecular acima de limites máximos permitidos. Eventuais 
odores podem ser mascarados com leve cloração.

O VSEP na Produção de Água Industrial a Partir do Efluente Doméstico ou Industrial

A era de Usar e Jogar Fora deve chegar ao fim. Deve-se começar a considerar a água como outra ferramenta qualquer e não como produto descartável. O procedimento é a sua reutilização. O VSEP tem o seu grande potencial nesta operação. A mudança de paradigma necessária consiste em determinar quais as qualidades e parâmetros mínimos para o reúso da água na indústria e não objetivar a atender apenas as qualidades das normas dos órgãos ambientais. Os parâmetros limites para efluentes líquidos dos órgãos ambientais são geralmente muito abaixo do que a necessária para reúso como águas industriais. Porém, qualidade tem custo, por este motivo é melhor depurar os efluentes apenas até o limite de pureza para reúso. Com efluente zero, deixa de existir o “gancho” de autuação dos órgãos ambientais!!

Efluentes não biodegradáveis podem ser depuradas reciclando-se a água e encaminhando-se o concentrado para um destino ambientalmente seguro. Efluentes biodegradáveis tem a vantagem de ter sua carga poluente reduzida a água e gases. O VSEP oferece uma solução muito simples para este tipo de aplicação. 
O processo é basicamente o seguinte: 

1- O efluente é recebido em uma caixa de detritos para redução de sólidos decantáveis. Basicamente carga mineral. 

2- Um tanque pulmão, com capacidade apropriada para absorver oscilações de vazão, alimenta o VSEP. 

3- O filtrado (permeado) do VSEP volta à rede de água industrial. 

4- O concentrado do VSEP é encaminhado a um biodigestor. Anaeróbico (preferencialmente por ser mais compacto e de operação mais simples), biológico ou de lodo ativado. 

5- A saída do biodigestor é interligado à entrada da caixa de detritos.
O ciclo de água está fechado, efluente e resíduo zero. Flutuações de cargas orgânicas elevadas no efluente, não biodegradadas no digestor voltam à entrada do VSEP e, subsequentemente, ao biodigestor, atenuando gradativamente a carga até a sua normalização.



 
 
New Logic Research, Inc. | 1295 67th St., Emeryville, CA 94608-1120 | Toll Free: 888-BUY-VSEP | Phone: 510-655-7305 | Fax: 510-655-7307 | Email: info@vsep.com
technology | products | industries | company | downloads | contact
Copyright © New Logic Research, Inc. All rights reserved.